Deep Blue

Perguntas de entrevistas de emprego

1 comentário

Hoje foi meu penúltimo dia útil de férias. Chove. Queria ter ido ao parque praticar meu novo antigo hobby resgatado – andar de patins in line. Estou adorando brincar disso aos 33 e estou levando tão a sério que minhas próximas aquisições serão joelheiras, cotoveleiras e um capacete com proteção para o queixo – acessórios que eu nunca sonhei utilizar, afinal, minha destreza e juventude permitiam levar tombos no asfalto sem me quebrar inteirinha. Aos 33, a coisa muda de figura. Mas já que não fui ao parque, comi o resto do chocotone Bauducco branco e adiei o começo da dieta para segunda-feira – já que amanhã terei que ir até Botucatu com o meu pai e fatalmente aquele bolinho de queijo maravilhoso do Frango Assado da Castelo Branco será consumido com muito prazer. Então, deixa pra lá. Ainda estou de férias.

Esse meu novo vício (escrever) é interessante. É difícil ler alguma coisa sem que eu queira expressar minha opinião pessoal a respeito. Aliás, quando você começa a escrever, começa a ler tudo que vê pela frente com o objetivo de gerar um assunto.

Por puro acaso esbarrei com essa matéria no site MSN e achei engraçada. A matéria aborda as dez perguntas clichês de entrevistas de emprego, e também, as dez mais bizarras. Como estou completamente idle (ou seja, eu não tenho porra nenhuma para fazer), resolvi respondê-las da forma mais absurda possível. A sociedade nos obriga a agir em situações assim como se fôssemos completamente normais, mas Osvaldo Montenegro estava dotado de 100% de razão quando disse em uma música da peça “Vale Encantado”, “todo mundo é louco por dentro. Já viu alguém normal?” Divertido mesmo seria poder responder às 10 perguntas bizarras e às dez perguntas clichês conforme a seguir. E observar as reações do entrevistador.

PERGUNTAS BIZARRAS:

1 – Quantas pessoas estão usando o Facebook em São Francisco às 14h30 de uma sexta-feira? (Google)

Não sei. Vamos pesquisar no Google?

2 – Me entretenha por 5 minutos, eu não vou falar nada. (Acosta)

(Retire da bolsa os livros Ilíada e Odisseia e pergunte:) “Qual você quer que eu leia primeiro?”

3 – Se os alemães foram o povo mais alto do mundo, como você provaria isso? (Hewlett-Packard)

Você tem uma fita métrica? Já volto. Não saia daí, hein?

4- O que você acha dos anões de jardim? (Trader Joe’s)

Uns grandes filhos da puta. Você acredita que os meus comeram todas as minhas Azaleias?

5 – A sua nota média anual na faculdade reflete seu potencial? (Advisory Board)

Perfeitamente. Reflete meu potencial de negociação e poder de multiplicar a grana. Meu apelido na faculdade era “Chupim de Massa Cinzenta”. Eu não assistia às aulas porque meu namorado assinava a lista pra mim. Colava nas provas e ia muito bem, e durante a maioria das aulas eu estava no boteco da esquina fumando maconha. Ao final do quarto ano, eu já havia montado um ponto de vendas. meus produtos eram todos de primeira, e o mais procurado pelos alunos era o pó. Consegui comprar meu primeiro carro à vista assim!

6 – Será que Mahatma Gandhi seria um bom engenheiro de software? (Deloitte)

Não sei… mas definitivamente seria um péssimo engenheiro durante uma de suas greves de fome. Provavelmente seu raciocínio lógico estaria bastante prejudicado para desenvolver um software com hipoglicemia e anemia profunda. Cara chato!

7 – Se você pudesse ser o empregado número 1, mas seus colegas não gostassem de você ou o décimo quinto, mas todos gostassem de você, qual você escolheria? (ADP)

Você acha que eu estou aqui por caridade à sua empresa e para fazer amigos, ou você acha que essa é mais uma tentativa na minha vida de ficar rica pelo fato de ainda não ter ganho na loteria? Quero mais que se fodam os coleguinhas. E eu odeio trabalhar. Só falo porque meu pai cortou minha mesada.

8 – Como você acabaria com a fome do mundo? (Amazon.com)

Posso responder essa pergunta somente quando ganhar o concurso de Miss Universo?

9 – Quarto, mesa e carro – qual você limparia primeiro? (Pinkberry)

Na verdade, meu nome no SERASA.

10 – A vida te facina? (Ernest & Young)

Que viadagem, hein, tio?

PERGUNTAS CLICHÊS:

1 – Quais são seus pontos fortes?

Negociação. Montei uma microempresa e tenho feito muito dinheiro vendendo o Windows e o Office por dez Reais.

2 – Quais são seus pontos fracos?

Sou desorganizada, tenho sérios problemas para levantar da cama de manhã, geralmente chego atrasada, sou volúvel, sofro de histerismo crônico, mas não se preocupe porque quando não esqueço o remédio, eu fico controlada. No meu último emprego, fiquei sem a receita do meu remédio por uma semana e quebrei o escritório do presidente do headquarter na nossa última viagem à Suíça. Mas isso foi um caso isolado.

3 – Por que você está interessado em trabalhar nesta empresa?

Porque meu chefe atual está pegando demais no meu pé. Cansei, sabe?

4 – Onde você se vê em 5 anos? 10 anos?

Lavando o dinheiro dos meus negócios extracurriculares  em algum paraíso fiscal.

5 – Por que você quer deixar sua empresa atual?

Já falei. Meu chefe é um pé no saco.

6 – Por que houve uma lacuna na sua vida profissional?

Porque eu estava cansada de trabalhar. De tempos em tempos acho bacana fazer uma pausa. Trabalhar cansa muito.

7 – O que você pode oferecer que outro candidato não pode?

Humm… Não seja tão direto assim, estou ficando encabulada… Depois eu te mostro…

8 – Quais são as três coisas que o seu ex-gerente gostaria que você melhorasse?

Ele gostaria que eu elevasse o nível do meu vocabulário, que eu não chegasse tantas vezes ao meio-dia para trabalhar e que eu parasse de entrar com o supervisor escondido no banheiro.

9 – Você está disposto a se mudar?

Só se a empresa me oferecer um flat cinco estrelas.

10 – Você está disposto a viajar?

Bastante. Pro Caribe, pra Londres, pra Califórnia…. Quando eu começo???

(Fonte: http://msn.clickcarreira.com.br/ficarbem/2012/1/4/3058/as-10-perguntas-mais-bizarras-em-entrevistas-de-emprego.html )

Anúncios

Autor: R.

Buscando viver melhor comigo mesma e com o mundo que me cerca. Procurando compreender qual é a melhor forma de viver, praticando o desapego, tornando o espírito leve e perseguindo a felicidade através da GRATIDÃO, nos dias ensolarados e nos dias cinzentos - meu desafio para a vida. Sempre gostei de escrever. Desde 2002, tive diversos blogs criados e deletados, mas como Fênix ressurge das cinzas, espero que cada novo blog seja definitivo. Esse é um blog sobre tudo que faz parte do meu Universo.

Um pensamento sobre “Perguntas de entrevistas de emprego

  1. Adorei as respostas para perguntas clichês mas as bizarras ficaram muito melhores!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s