Deep Blue

De volta à Yoga

Deixe um comentário

Hoje eu resolvi retomar a yoga. Sozinha, enquanto organizo minhas finanças para fazer um curso direcionado. Aliás, se você que passou por aqui, conhecer algum lugar legal (e não muito caro) onde posso fazer aula de yoga, me conta, vou adorar! Enquanto continuo minha busca, continuo estudando e aprendendo um pouco com quem sabe mais. Mandei um e-mail para um templo budista e fui convidada ao zazen. Respondi com um “muito obrigada, eu irei participar do zazen” e fui direto ao Google verificar do que se tratava.

(Do Wikipedia mesmo…)

Zazen (japonês: 坐禅; chinês: zuò chán (pinyin) ou tso-chan (Wade-Giles)) é a base da prática Zen Budista. O objetivo do zazen é “apenas sentar”, com a mente aberta, sem apegar-se aos pensamentos que fluem livremente. Isto é feito tanto através do uso de koans, o principal método Rinzai, ou o sentar-se completamnete alerta (o “apenas sentar”, shikantaza), o qual é o método da escola Soto[1] O princípio do zazen é o de que uma vez que a mente esteja livre de suas diversas camadas, pode-se realizar a natureza búdica, atingindo-se a iluminação (satori).

Entendi, então, que zazen nada mais é do que a meditação propriamente dita. Sei que a meditação é uma prática que busca “limpar a mente”, ou seja, não pensar em NADA. Muito difícil. Ainda não consegui me concentrar o suficiente para atingir essa limpeza total. É praticamente impossível, para um iniciante, começar a meditar, sem lembrar, por exemplo que nessa semana vence a terceira parcela do IPVA. Mas eu acredito que chego lá. Uma gota por dia, mas eu vou encher um copo. O resultado prático do estudo do Budismo tem sido fantástico. Coisas que me faziam gritar bem alto na sacada para São Paulo inteira ouvir, tomaram dimensões bem inferiores. Talvez essa seja a solução para minha total falta de paciência, já que o floral Impatiens não surtiu muito efeito. Já que descobri um templo budista num local acessível, só me resta saber se vou conseguir chegar a tempo nos dias de Zazen por lá. Espero que sim. Enquanto isso, continuo estudando o Budismo, fazendo Yoga sozinha, lendo o Evangelho Segundo o Espiritismo e o Livro das Religiões de Jostein Gaarder. Porque a manifestação de Deus no mundo é plural.

Anúncios

Autor: R.

Buscando viver melhor comigo mesma e com o mundo que me cerca. Procurando compreender qual é a melhor forma de viver, praticando o desapego, tornando o espírito leve e perseguindo a felicidade através da GRATIDÃO, nos dias ensolarados e nos dias cinzentos - meu desafio para a vida. Sempre gostei de escrever. Desde 2002, tive diversos blogs criados e deletados, mas como Fênix ressurge das cinzas, espero que cada novo blog seja definitivo. Esse é um blog sobre tudo que faz parte do meu Universo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s