Deep Blue

O direito de não pertencer

Deixe um comentário

Eu pensei em apagar todo o meu blog, como faço tantas vezes, mas não dessa vez. Vou deixar os textos antigos aí mesmo. Não para você que está lendo, mas como um self reminder. Eu mudei. Ainda bem.

Deixar ir quem quer ir… muito cedo aprendi, depois de tanta angústia, a viver em paz com a realidade que me foi imposta há um ano e nove meses. Aprendi que não nos foi dado o direito algum nesse planeta de acorrentar uma alma sequer. Ninguém nos pertence e não pertencemos a ninguém. E a atitude contrária a isso é típica em pessoas não evoluídas espiritualmente. Não, eu também não sou, estou longe de ser um espírito de luz. Às vezes sinto raiva das pessoas, mesmo sabendo que a pior prejudicada nessa história toda, sou eu. Mas a verdade é que uma das formas de aprendermos com os nossos erros é observando de fora uma situação parecida àquela que enfrentamos. Não temos mesmo o direito de tomar ninguém como propriedade. E a partir do momento que absorvemos essa questão na mais total profundidade, abrimos os olhos para uma nova realidade: aquela que nos mostra que ser livre e deixar o outro livre torna a alma mais leve. Sinto-me liberta de correntes que por tantos anos da minha vida (talvez todos até esse momento), me tornou cega. Aprender que a felicidade parte de você mesmo e o que a companhia do outro deve servir apenas como complemento faz com que as estradas que você escolhe seguir na vida sejam mais verdes, mais ensolaradas, menos tempestuosas e repletas de paz.

Anúncios

Autor: R.

Buscando viver melhor comigo mesma e com o mundo que me cerca. Procurando compreender qual é a melhor forma de viver, praticando o desapego, tornando o espírito leve e perseguindo a felicidade através da GRATIDÃO, nos dias ensolarados e nos dias cinzentos - meu desafio para a vida. Sempre gostei de escrever. Desde 2002, tive diversos blogs criados e deletados, mas como Fênix ressurge das cinzas, espero que cada novo blog seja definitivo. Esse é um blog sobre tudo que faz parte do meu Universo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s