Deep Blue


Deixe um comentário

Obrigada, 2013.

Adeus, ano, você envelheceu. A partir da zero hora de hoje, já não mais servirá.

Risos e lágrimas, frustrações e pequenas conquistas. Não foi um ano tão fácil assim. Mas foi o ano da superação das tristezas e eu agradeço. Agradeço pela oportunidade de iniciar 2014 mais leve, mais sábia, enxergando a vida sob uma perspectiva tão diferente. Obrigada por trazer reencontros e paixão pelo desenho. Obrigada por despertar novamente, a arte de brincar com as palavras. Ainda tenho muito o que aprender, eu sei, mas que eu não abandone jamais o hábito de manter-me focada na leitura e produção de textos.  Obrigada por meus amigos, meu amor, minha família. Obrigada por me lembrar que existe uma única pessoa em quem devo me apoiar na estrada da vida: eu mesma. Obrigada por me ensinar a arte do desapego, e perdoe-me pelas malcriações dos momentos de frustração. Obrigada pela oportunidade de voltar ao antigo emprego, que abandonei oito anos antes, com profundo arrependimento. Uma segunda chance é sempre um enorme presente. Acima de tudo, obrigada pelo meu pequeno zoológico composto de dois cães e uma gata, todos maravilhosos. Eles foram meu maior presente em 2013, e essenciais por me ajudar a superar uma das maiores perdas na minha vida. Não vou prometer mil coisas. Não vou prometer frequentar academia cinco vezes por semana, abandonar o chocolate, e virar monge budista. A única coisa que prometo para 2014 é praticar a gratidão.

Feliz Ano Novo, para você que por aqui passou!